Ocorreu um erro neste gadget

segunda-feira, 17 de março de 2008

Paredão: o que sair é lucro!Mas....

Tessa, terça trace-a

Gyranha a come dorme banho não ou Sapatiana gritante berrante vomitante!?!


O que sair é LUCRO.


Mas..oi?! se sapatiana não sair agora, ela não sai nunca mais!!




FORA SAPATIANA...

- por um ppv sem mute!

- por um trouxarcos triste!

- por um peso na amizade do emo e trouxarcos!

- por ela querer desesperadamente a VELCRALIDADE com a tessa...

- pelo psicogay, pelo universo FOREVER!

8 comentários:

cerveja disse...

é verdade.

nós temos que tirar essa merda, essa farsa primeiro que a gyranha.

se der mole a sapata fica e aí... babau!

Daniela Rocha disse...

PASSOU DA HORA DESSA SAPATA BOCA DE CABAÇA SAIR DO BBB, AFFF BONINHO CUUUU

Amélie disse...

dani!
boninho não gosta da sapatiana!
disse q ela é FAKE.

auhuhaauhauh

A VOZ DA RAZAO disse...

dessa vez tenho q discordar de vc qurida amelie como vc ja sabe sou uma total porem consciente protetora de thaty gosto dela e odeio a gyranha entao faça as contas neh
prefiro muito masi os gritos de thaty do q das grosserias e favoritismo sem sentido de gyranha
total

Eu disse...

se ela não sair agora, aí q vai ser chatisse. aff
vai ficar se achando. e vai cantar, pular e principalmente gritarr.
fora sapatiana.

sara.

PSICOPATA disse...

pode tirar as duas?

Sílvia disse...

FORA "SAPATIANA" SEU TIMER AI DENTRO TERMINOU!!!

Marcos disse...

Conceito
Doença da pele que se caracteriza pela produção de pápulas (elevações da pele) umbelicadas (com uma depressão central), de cor que varia do branco peroláceo (translúcido) ao rosa, em geral com 2 a 6 milímetros de diâmetro e com base (local de implantação) levemente hiperemiada (avermelhada). São comumente múltiplas principalmente por serem auto-inoculáveis. As lesões são levemente pruriginosas (produzem coceira) e localizam-se em qualquer região da pele (face, tronco e áreas expostas das extremidades) e, mais raramente, nas mucosas. Podem ocorrer em qualquer idade mas são mais comuns em crianças de 0 a 12 anos.

Sinônimos
Molusco

Agente
Poxvírus

Complicações/Consequências
Doença de evolução benigna. Em geral há cura sem sequelas.

Transmissão
Contato direto com pessoas infectadas. Também através de toalhas, vestimentas, piscinas etc. Em adolescentes e adultos a localização das lesões na região anogenital sugere transmissão sexual.

Período de Incubação
2 semanas a 3 meses após a contaminação.

Tratamento
O tratamento de escolha é a remoção das lesões por curetagem (realizada por médico). Também ocorre involução espontânea das lesões, sem deixar sequelas, após 6 meses a 2 anos do seu início.

Prevenção
Evitar contato físico com pessoas infectadas