Ocorreu um erro neste gadget

quarta-feira, 4 de fevereiro de 2009

Contos do Psicogay, 2009! Parte 5!

Agora terminaram os personagens, começou a história!

Senta que lá vem história..ahahahah!

"Sadismo na masmorra
Fevereiro 3rd, 2009 de Marcelo


Thomauz II (Boninho) era um rei amado, mas tinha um quê de sádico. Costumava aprisionar belas donzelas do reino em calabouços e passava ali noites em claro, observando-as por falsas janelinhas, com a língua para fora da boca (oi! as kengaiadas dos bbbs!) . Também apreciava iguarias da culinária, e o ranário do seu palácio era de fazer inveja inveja ao de qualquer outro reino: só cresciam pererecas graúdas. (ahhaah só putaiada meeeesmo.)

Visando manter a ordem do reino, Mauzinho certa vez instituiu um conjunto de novas normas reais, que condenavam à masmorra (quarto branco!) qualquer súdito que ousasse desapontá-lo. O rei gostava de se exibir, e esta era um de seus modos de ostentar poder.


O primeiro a sofrer com as consequências da nova determinação foi Jacomino(Leosurtado!) , quando o rei cismou que as folhas peruanas que o mascate trazia dos Andes não o excitavam mais, nem o deixavam mais tão acordado (oi? drogas, maconha!) . Frustrado por não conseguir admirar as donzelas até tarde como outrora, pediu ao seu fiel escudeiro Rosnei (Tomsquera né!) que trancafiasse o pobre comerciante na masmorra do palácio, desejando que ele jamais saísse mentalmente ileso daquele lugar. Mas Jacomino conseguiu fugir, e nunca mais se ouvir falar dele por ali.

Inspirados pela onda de atitudes cruéis do seu rei, os súditos de Bravária passaram também a segregar (segregar é coisa de preconceito e racismo) alguns indivíduos que consideravam nocivos ao reino para então exilá-los em terras distantes. Inocêncio Alce (P.afake2) nunca havia feito mal a ninguém, talvez por isso fora considerado perigoso, sendo julgado e condenado.

Dora Merdalina (Nanazista) foi quem silenciosamente iniciou a cruzada de fogo contra o Alce, já que se irritava com o fato de ele nunca ter utilizado os serviços de seu staff no Espaço de Convívio Social Masculino (pq é gay!) e pior: ainda trazia prejuízo por concorrer com suas meninas nos salões dos bailes de máscaras.

Sem direito a dizer não, Inocêncio foi exilado perpetuamente das terras de Thomauz II (paredão!) . Iria para as campinas do Condado de São Francisco onde, dizia-se, haviam pelotas de ferro e ouro escondidas por detrás do arco-íris(símbolo dos gays!) .

(continua amanhã!)
NÃO PERCA:* Dora (Nanazista) recebe a nobreza em seu cabaré e Raimunda (Pririguete) desafia Alzira (Josiugly) !E MAIS:* Adelícia (Franarizine) reconhece o talento de Santinho (Maxa) em encantar as pessoas, e resolve seduzi-lo de fato."




Uow! Super Psicogay pelo universooooooooooooo!


Comentem preguiças do mundo todo, tá tudo traduzido..ahahahah!

6 comentários:

Anônimo disse...

perfeitooo.. como sempre marcelo da um show.. huahauhauhaua

renata959 disse...

É meu ídolo!
Psicogay pelo universo FOREVER!!!!

Vitarella disse...

hahahaha
own, não acho que ele esteja falando de drogas, maconha
acho que ele quis dizer que o leo não agradava mais o rei, ou seja, não o excitava mais...ele deveria tá achando o leo muito paradão :(

Touchê disse...

Acho que ele ta falando de maconha sim. Ele fala de canhamo quando descreveu o Leo.

O Melhor é a Nana de Cafetina do BBB kkkkkkkkkkkkkkk é a cara dela.

MJ :D disse...

deve ser do leo e aquela caraa de drogado dele, so podia ser maconha mesmo HAHAHAHA

Piink Funky disse...

Meew,ele é o melhor (y)